ANF contra-ataca

guess what Comunicação, Relações Públicas 15 Abril, 2009

A ANF continua a disparar em todas as direcções. Agora, exige uma “avaliação independente sobre a qualidade da prescrição de fármacos”, justificando-a com a suposta “intervenção da indústria farmacêutica” neste acto médico. Quero acreditar que o faz com algum fundamento… Mas mais uma vez o doente, o pagador e o contribuinte assistem a estas trocas hóstis de palavras como meros peões num tabuleiro onde só se podem movimentar numa direcção. Quem gasta regularmente uma parte significativa dos seus rendimentos na farmácia só pode sentir-se desconfiado… O discurso é poderoso, gera suspeitas e vai moldando a opinião pública. Reputation management, precisa-se.