Assessoria em bom brasileiro

Será lançando em breve no Brasil o livro  “Assessor de Imprensa – fonte qualificada para uma boa notícia” (Clube de Autores, 157 páginas), de Rodrigo Capella, assessor de imprensa e escritor. Formado em jornalismo pela Umesp, Capella é pós-graduado em comunicação jornalística pela PUC-SP e assessor de imprensa da FirstCom Comunicação, onde trabalha principalmente com clientes da área da tecnologia.

O Rodrigo teve a amabilidade de nos contactar via blog para aprsentar a sua nova obra e nós, em função das interessantes caratcterísticas do mesmo, decidimos divulgar a informação recepcionada. Aqui fica então uma breve sinopse, em bom brasileiro, desta obra tão actual no outro lado do Oceano como por estas bandas. Quem pretender contactar o Rodrido, a quem desejamos os maiores sucessos, poderá fazê-lo para contato@rodrigocapella.com.br.

 

“O assessor de imprensa ideal deve funcionar como uma extensão da redação, atendendo o jornalista sempre que este precisar. Para tanto, ele precisa conhecer o dia-a-dia dos veículos e saber, por exemplo, qual o melhor dia e horário para enviar uma sugestão de pauta. O assessor deve também passar as informações completas e corretas, pois o jornalista não tem muito tempo para checá-las. E por fim: não deve enviar jabás aos colegas de redação, não deve insistir na publicação de notícias e não deve recorrer à malandragem, ou seja, mentir para conseguir um espaço no jornal.”