Local branding: Coura sem paredes (mas com festival).

guess what Comunicação 24 Agosto, 2016

 

Recentemente, o município de Paredes de Coura apresentou um conceito criativo que dá o mote à renovação do posicionamento da vila: Coura sem Paredes.

Conhecida pelo mítico festival de Paredes de Coura, o conceito agora assumido pela região prima pela simplicidade e por brincar com as palavras (e que também me surpreendeu, visualmente, pela adoção do tom negro, mas isso é um “detalhe”), vem apresentar um conjunto de iniciativas onde se destacam a aposta na cultura e educação, a alimentação saudável ou mesmo o original Astro Camp, um “programa académico na área da astrofísica”, como explica o Meios & Publicidade.

Em pleno festival, o reposicionamento é apresentado num acto de comunicação com um timing bem planeado tanto ao nível prático, pela natural exposição de Paredes de Coura nesta época, como a nível simbólico, pelo “abanar” de perceções, como quem nos parecer querer garantir que “não somos o festival, temos muito mais para oferecer”.

Numa reflexão como a que partilhámos sobre marketing geográfico focado na gestão da imagem do Brasil no contexto dos Jogos Olímpicos, é tempo agora de apontar as luzes a Coura e acompanhar este investimento no “local branding” (perdoem-me a adaptação livre do conceito de “nation branding”), esperando que se mantenha coerente, ativo e, acima de tudo, que gere muitos frutos turísticos, culturais e económicos para a vila.

Quem sabe se torna uma inspiração para tantas outras regiões de Portugal que têm tanto para oferecer e parecem não estar a saber aproveitá-lo?

@Nélia Silva, Senior Communication & Digital Consultant