O que aprendemos em 2015 (e devemos reter para 2016)

guess what Digital 30 Dezembro, 2015

O que aprendemos em 2015 (e devemos reter para 2016)

Comunique sem pensar em comunicar;

As fronteiras entre as diferentes áreas da comunicação e marketing estão cada vez mais esbatidas;

Não faz sentido continuar a falar-se de offline e digital;

O sucesso das marcas passa muito por apresentar propostas de valor para os seus clientes;

Coloque-se no lugar do seu cliente para perceber os seus objetivos, dores e ganhos;

Foque-se na resolução dos problemas dos seus clientes e crie uma cultura centrada verdadeiramente no cliente (customer centric culture);

Adeque, renove e inove as suas marcas com regularidade;

As grandes empresas devem adotar a mentalidade empreendedora existente nas startups;

Olhe menos para a concorrência e mais para a sua empresa;

Valorize e trabalhe os dados que recolhe do seu negócio;

A comunicação e o marketing são ferramentas que devem estar à disposição da gestão;

Atue com transparência e ética;

Escute e envolva os seus stakeholders na definição e operacionalização das estratégias do seu negócio;

Salvaguarde que está a utilizar a tecnologia para se aproximar dos seus clientes e não o contrário;

Não se esqueça de que mais do que uma boa ideia o importante é ter uma boa execução.

 

@Renato Póvoas, Managing Partner, Guess What