Os media e o país da desgraça

guess what Comunicação, Relações Públicas 2 Fevereiro, 2009

Carlos Barbosa, Presidente do ACP, deu ontem uma entrevista em “Discurso Directo” a Paulo Baldaia (TSF) e João Marcelino (DN) recheada de sound bites comunicacionais. Naturalmente associado ao mundo das quatro rodas pelas funções que desempenha actualmente, Carlos Barbosa foi um dos fundadores do Correio da Manhã e deteve vários negócios no sector dos media. É, portanto, com propriedade e conhecimento de causa que aborda, entre outros temas, o panorama da comunicação social portuguesa (32′).

Achei particularmente interessante a crítica à forma como os media produzem a notícia no contexto actual, buscando quase exclusivamente o que é mau e negativo no país, escudando-se, talvez, num dever de escrutínio do poder político e económico. E o resto? “Há muita coisa boa em Portugal que tem que ser mostrada nos canais e nos jornais”, diz Carlos Barbosa. Eu também acho que sim. Toda a entrevista aqui.