comunicação

Palavra de ordem: comunicar

Guess What Comentário à Atualidade, Comunicação 9 Julho, 2020

Perante um cenário de pandemia, as medidas de contenção precisaram de ser a prioridade, tanto para a sociedade em geral como para as marcas. O isolamento social foi essencial para a redução do número de casos, mas, infelizmente, tal traduziu-se numa quebra do mercado.

Ler Mais

Comunicação com C grande

Guess What Comunicação, Relações Públicas 12 Junho, 2020

Os canais de comunicação, antes essencialmente concentrados nos órgãos de informação, estão agora dispersos por inúmeras plataformas e por uma variedade especialmente criativa de formatos. A informação (no sentido mais lato do termo) deixou de ser especializada e passou a abordar-nos de diferentes origens e essências, sem grande controlo sobre as mensagens veiculadas.

Ler Mais

A comunicação em tempos de tele-confinamento

Guess What Comentário à Atualidade, Comunicação 21 Maio, 2020

Desde que o Estado de Emergência foi oficialmente decretado passaram-se dois meses. 60 dias intensos, repletos de desafios pessoais e profissionais. O nosso vocabulário diário passou a incorporar palavras como auto-isolamento ou distanciamento social. E adaptámo-nos “à força” a trabalhar diariamente em regime de multitasking, entre o papel de pais, professores, cozinheiros e profissionais de comunicação. 

Ler Mais

Produto e comunicação: os pulmões de uma marca

Nos tempos atuais o produto e a sua comunicação são os pulmões de uma marca.

A evolução da tecnologia ocorrida nos últimos 20 anos teve um impacto não só na forma como nos comportamos enquanto consumidores, mas também sobre o significado das marcas, a influência da publicidade e a comercialização dos produtos e serviços.   

Ler Mais

Política de comunicação de Bolsonaro

Ideologias à parte, figuras como Jair Bolsonaro ou Donald Trump, são muito interessantes do ponto de vista da forma como comunicam. Ambos sabem quem é o seu público e é para ele que falam, de uma forma que pode parecer inocente mas que é estudada e pensada. Ambos ignoram ou chegam a hostilizar a comunicação tradicional e focam-se nos novos meios ao seu dispor, mais diretos e sem contraditório. E como se prova pelos resultados obtidos nas eleições, ambos são comunicadores brilhantes ou pelo menos, estão muito bem rodeados, mesmo que seja tentador fazer deles, meras caricaturas.

Ler Mais