Temas aborrecidos: manual de sobrevivência para criar boas estórias

guess what Comunicação 9 Julho, 2013

Quem trabalha em áreas B2B sabe que nem sempre é fácil criar estórias interessantes, de compreensão imediata que sobrevivam à ditadura do tempo de um editor.

Este é um problema antigo que tem ganho novas dimensões com o digital, devido ao imediatismo informativo, em que a atenção resume-se ao tempo de um tweet.

Para quem convive com este tipo de desafios, o Ragan aconselha alargar o leque referências sobre o tema e ver como outros o abordaram, personalizar a comunicação (afinal, os artigos não são lidos por “empresas”, mas por pessoas) ou simplesmente quebrar o bloqueio inicial e “deitar mãos à obra”. E, claro, acrescentamos nós, contar a estória que ainda ninguém tinha visto que estava ali.

Mais conselhos aqui.