No final o tamanho não importa

Guess What Digital 7 Janeiro, 2019

Pois é, no final o tamanho não importa, quer se trabalhe em Marketing, Vendas ou noutra área qualquer, o tamanho não define o resultado. Mais impressionante ainda, talvez seja pensar que o tamanho não define/resume a performance, principalmente no mundo digital.

Nos dias de hoje já é de conhecimento geral que as Métricas da Vaidade existem e que é preciso ter cuidado com elas. É preciso ter consciência do ego e considerar uma estratégia de valor com significado para as pessoas.

Como dizia o outro “Quem te avisa teu amigo é”, e nós fomos sendo avisados pela experiência e pelo tempo que aqueles números de Likes, Seguidores e Partilhas no final se não forem bem complementados de nada valem.

“Ah! Mas eu quero estar no Facebook e no Insta porque está lá toda a gente e quanto mais gente vir a minha marca, melhor!”. Os mais atentos sabem que não é assim, mais ainda, agora com a nova declaração de Ellen K. Pao (Ex-CEO do Reddit) em que diz que as métricas digitais da Internet são falsas e que na verdade o Facebook “inventa” números de utilizadores (o que acaba por não ser surpreendente porque sabemos que quanto mais utilizadores o Facebook “tiver” maior o “valor” que terá para os anunciantes).

Mais interessante ainda nesta entrevista com Ellen K. Pao, é a sua visão sobre os Bots Digitais e sobre utilizadores que se fazem passar por outras pessoas (vem-me à memória a eleição de Trump e Bolsonaro), e de como estes “personagens digitais” acabam por criar uma visão turva de uma verdadeira audiência digital.

Estas questões acabam por me dar uma visão teatral desta “coisa digital”, onde temos o palco onde os atores somos nós profissionais e todos aqueles que assistem, interagem e compram, e depois temos o backstage, onde se tenta parecer “grande” para se dar uma “ilusão de valor” para quem está do outro lado.

Em suma, se já andávamos meio na dúvida que o caminho de dar extrema importância ao tamanho da audiência digital não era o melhor caminho, agora já temos a certeza, graças a várias provas (incluindo esta incerteza da exatidão do tamanho das audiências digitais), que o caminho não é de todo uma questão de tamanho, mas sim de qualidade, relevância e valor.

Caso estejam interessados, recomendo a leitura da entrevista na integra com a Ellen K. Pao AQUI

Miguel Sousa, Digital Consultant & Ideation Manager